Porque os Gamers estão sempre frustrados com suas Empresas

Depois de semanas me tranquilizando, acabei de perceber que deixei o meu quarto um chiqueiro sem ao menos perceber.segunda-feira pra mim, é isso, dia de limpar a casa e organizar tudo que ficou em desordem durante a semana. Tenho aproveitado mais o meu dia cuidando do meu cachorro e tentando montar um grupo para jogar MMORPG. MMORPG pra quem não conhece, é um tipo de jogo que tenta simular a nossa sociedade numa determinada temática e numa determinada época. O MMORPG em teoria nunca tem um fim, até que os jogadores parem de jogar e a empresa determinar o fim do Server Oficial. O MMORPG que gostei mais e tive mais experiencia foi o World of Warcraft, O mais conhecido do genero. Quem já jogou World of Warcraft desde o começo, com certeza teve algum momento muito memorável durante a sua jogatina. O jogo exige que vc coopere com os outros jogadores se quiser se tornar uma pessoa influente no servidor.Pra ser bom requer bastante conhecimento sobre a sua classe e as dos outros jogadores, o que pode levar anos para ser ter domínio.

Escrevo esse artigo, pois teve uma polemica recente no mundo dos jogos de vídeogames, onde uma empresa que é portador dos direitos de propriedade de um jogo muito querido para muitos de nós, ingressou numa nova loja de jogos de digitais e cobrou o valor do jogo e de todas as suas expansões por mais R$2500 reais, sendo o só o jogo base custa R$60.Um valor muito acima do mercado, e que gera indignação para uma empresa que já ta a mais de 20 anos no mercado e continua com as suas mesmas práticas sem considerar o lado dos seus consumidores e seus fã. Por outro lado, sou um cliente da Blizzard Entretainment desde dos 7 anos.A diversão que me trouxe seus jogos, sempre foram superior aos pontos negativos das práticas de micro transação que acabou com a magia de vários dos seus jogos. Ontem tive um problema com acesso a minha conta da blizzard.Contactei o suporte deles e 30 minutos depois eles conseguiram resolver o meu problema. Eu acredito que se quiser mudar atitude de uma determinada empresa, os consumidores têm que ta disposto a negociar e a propor uma solução viável para duas partes. Apenas reclamar e ta chateado, não resolve os nossos problemas de relacionamentos com as empresas. Tem que dialogar e chegar um meio-termo para solucionar o problema.

Publicado por Gabriel Sims

To aqui pela Zuera.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: