Origem do diario

A ideia inicial era ter um diário particular pra mim, aonde eu sempre tivesse acesso a essas memorias quando for passar por momentos difíceis da vida no futuro. Conforme a crise do coronavirus foi chegando nas pessoas proximas, vi que não teria mais nada a perder a publicar ao mundo. Eu recomendo que todos tenham um diario, vc se lembra das coisas que passaram no seu dia a dia e não tem obrigação nenhuma com normas escritas e tem a liberdade de fazer o do jeito que vc quer. Na pior das hipóteses de a gente não ter completado os projetos pessoais e sociais que a gente pretendia completar em vida, alguem do futuro e de outra geração vai pegar nossas ideias e continua os planos de sociedades que gente tinha quando estava vivo. Estando suas memorias preservadas no mundo, a vida sempre será eterna, e a morte é vista apenas como uma passagem. Esse trecho foi um dos primeiros que digitei na quarentena.

31 de maio de 2020

Olhar para os traumas do passado sem fazer julgamento.Apenas entender o que aconteceu. Porque reagiu assim? Se tivesse em outro momento da vida teria sido diferente pra mim? Quais memórias eu quero manter em minha mente? Apenas as que me afligem? Tudo agora parece ser novo pra mim. Antes era tudo a mesma coisa. Chato e tediante. Agora é tudo novo e diferente. Basta me concentrar naquilo que quero e terei o conhecimento que desejo. A minha ansiedade é causada pelo mal controle dos meus pensamentos. A partir do momento em que foco em algo no plano material, ela diminuiu consideralvelmente. A vida no presente é a verdadeira vida. Fora disso, são apenas projeções mentais de que gente não tem controle.
Essa hiperconcentração que estou sentindo neste momento, ela ampliar os meus sentindos. Eu percebi agora que estou com frio, e não conseguia controlar a tremedeira. Tudo é mais forte, as emoções são mais fortes.É a melhor sensação da VIDA!Quero viver assim pelo resto da minha vida! Ser sincero com meus sentimentos, e não me enganar pelo o que as pessoas dizem o que eu sinto.Vivi 25 anos sem saber que eu tinha tdah,se tivessem me diagnósticado isso quando era criança, teria lidado melhor com muitos traumas que tive durante toda a minha vida.Pessoas que machuquei, sem a intenção de machucar.Relacionamentos que terminei sem o menor sentido. Me precionar e sentir culpado por problemas do mundo que eu não tenho o controle para mudar.VIVA O Momento!VIVA O Presente! Ele vai me dar as respostas precisas para aquilo que deve ser feito.Tenho que ver mais Harry Potter.

Publicado por Gabriel Sims

To aqui pela Zuera.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: